BLOG

Desenvolvimento de pessoas: diferentes formas de apoiar o time

O desenvolvimento de pessoas é um processo de médio a longo prazo, no aprendizado de habilidades técnicas e comportamentais que serão usadas na construção de novos conhecimentos. Esses conhecimentos, então, trarão resultados positivos para a carreira das pessoas e da empresa de modo geral. 

O Relatório de aprendizagem no local de trabalho 2022, realizado pelo LinkedIn mostrou que 49% dos executivos estavam preocupados com a possibilidade dos colaboradores não terem as competências corretas para executar estratégias de negócios. 

Sendo assim, fica mais fácil entender por que o desenvolvimento de pessoas faz parte da rotina das lideranças nas organizações. 

Quando as pessoas se sentem engajadas e seguras acerca de seus aprendizados, mais sucesso elas tendem a ter. E, por consequência, mais sucesso elas impulsionam nas organizações.  

Contudo, estimular o desenvolvimento de hard e soft skills do time não é tarefa fácil. Essa dificuldade pode ser mais ou menos evidente em determinados segmentos de mercado, mas está presente em todos eles. Ainda mais quando consideramos as mudanças no mundo do trabalho e a consolidação do modelo híbrido.

Em outras palavras, não se sinta só com esse desafio. Pelo contrário, há formas de torná-lo mais fluido e repleto de benefícios para todos os envolvidos. 

Quer saber mais sobre desenvolvimento de pessoas e conhecer diferentes caminhos para que você consiga apoiar seu time? Continue lendo este texto. 

Como apoiar o desenvolvimento de pessoas nas empresas

Apoiar o desenvolvimento de pessoas nas empresas é uma tarefa contínua. Portanto, existem ações que podem ser incorporadas no rol de atividades das lideranças e que são de grande valor. 

  • Dar autonomia aos colaboradores; 
  • Fornecer feedbacks de maneira regular; 
  • Reconhecer resultados (ainda que sejam pequenos!); 
  • Dar atenção ao plano de carreira de todas as pessoas do time;
  • Praticar a escuta ativa em reuniões e outras conversas específicas.  

Os tópicos citados acima são alguns dos mecanismos mais tradicionais quando o objetivo é desenvolver pessoas. Portanto, se nem mesmo eles estiverem rodando da maneira correta, todo o time será prejudicado. 

Agora, se você já conhece e pratica a maioria (ou todos eles), está na hora de ir além e considerar outras práticas. 

5 ferramentas para impulsionar o desenvolvimento profissional do time

Cada empresa deverá adotar as ferramentas e mecanismos de incentivo ao desenvolvimento de pessoas que mais se adequam à cultura organizacional, necessidades e desejos do time.

Aliás, é essencial que a cultura da empresa tenha foco nesse tipo de ação, ou seja, conte com lideranças que incentivam e apoiam o desenvolvimento das pessoas.

Se você é uma dessas lideranças, confira algumas ferramentas que podem ajudar nessa importante missão. 

1. Capacitações e treinamentos learning by doing

Ambos fazem parte do desenvolvimento de pessoas. Consistem em ações pontuais, geralmente de curto prazo, que ajudam na aquisição de novos conhecimentos e estimulam a formação de equipes inovadoras. O modelo de treinamento learning by doing quer que as pessoas aprendam fazendo. O que é uma ótima maneira de fixar o aprendizado. 

Além de incentivar e facilitar esse tipo de ação, é importante que a própria liderança possa ser um exemplo. Afinal, líderes também precisam se capacitar e treinar. 

2. Workshops de inovação

Já pensou em promover um workshop de inovação? Saiba que essa ferramenta possui uma metodologia própria e pode trazer diversos benefícios. Por exemplo, a quebra de silos organizacionais. Algumas de suas características são a agilidade, a praticidade, a metodologia flexível e a visão neutra. 

3. Participação em eventos

Pesquise e identifique eventos que façam sentido para o desenvolvimento das pessoas do seu time. Mais do que uma forma de ouvir sobre temas relacionados à área de atuação, os eventos promovem integração de diferentes tipos de conhecimento compartilhados.  

Também é uma oportunidade de encontrar num só lugar, conteúdos sobre tendências e novidades do mercado.

4. Programa de benefícios 

Implementar um programa de benefícios pode ser uma ótima maneira de demonstrar o quanto a empresa está comprometida com o bem-estar dos colaboradores. Esse tipo de ação gera um sentimento de gratidão, mas muito mais importante, sinaliza o colaborador de que ele tem valor para a empresa. 

Assim, é possível agregar diversos serviços no programa, a depender das necessidades identificadas numa pesquisa de satisfação interna, por exemplo. 

5. Estímulo ao autoconhecimento 

Conforme outra pesquisa do LinkedIn, feita em dezembro de 2021, 43% dos entrevistados disseram não sentir que são bons o suficiente em suas funções. A busca pelo autoconhecimento e inteligência emocional é importante para qualquer pessoa e ajuda no combate à síndrome do impostor. 

Além disso, pessoas do seu time podem não saber lidar com determinadas questões do dia a dia, mas esses obstáculos podem ser superados a partir do momento que a pessoa se percebe em seus pontos de melhoria e habilidades.  

Dicas para o trabalho remoto e desenvolvimento do time

Novamente segundo o Relatório do LinkedIn, 81% dos executivos estão modificando as políticas da empresa para oferecer maior flexibilidade para sua força de trabalho. 

O dado é apenas um recorte da quantidade de transformações culturais, digitais e organizacionais que ocorreram nos últimos anos. 

Em lados da mesma moeda, estão empresas e colaboradores. Cada um com suas necessidades e desafios. Para que você seja a liderança que facilite as relações existentes no mercado de trabalho, em especial, no trabalho remoto, confira algumas dicas: 

  • O monitoramento do clima interno deve ser constante, visto que existe uma distância literal entre as pessoas; 
  • Coloque-se à disposição do time. Reforce que apesar de todas as atribuições, é possível marcar uma videochamada para conversar sobre determinados assuntos; 
  • Aproveite o ambiente digital e use ferramentas que permitam a geração de ideias em grupo; 
  • Verifique se as pessoas do time têm acesso a recursos básicos para trabalhar, como notebook, mouse, internet, etc. Caso não, certifique-se de como a empresa pode suprir isso; 
  • Comunique-se com o seu time. Não tenha medo de abordar assuntos delicados quando necessário, pois a transparência fortalece a confiança.  

Por fim, lembre-se que é importante buscar apoio externo toda vez que precisar de ajuda para auxiliar outras pessoas. 

O Relatório de aprendizagem no local de trabalho 2022, realizado pelo LinkedIn mostrou ainda que profissionais de Treinamento e Desenvolvimento (T&D) também precisarão desenvolver suas próprias competências. 

Uma delas, é o gerenciamento do estresse, já que há uma crescente preocupação com a lacuna entre as competências que as empresas precisam e as que os profissionais possuem.

Gostou do conteúdo e quer saber mais? Baixe o e-book sobre Equipes Inovadoras e descubra como incorporar inovação na cultura da sua empresa! O material é gratuito. 

Imagem de Freepik 

Deixe uma resposta